Páginas

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

#Relembrando: Três Espiãs Demais!

Oláaaa meus amores!!! Ultimamente, eu estava pensando muito a respeito de começar uma sequência de postagens sobre os diversos desenhos que sentimos falta. Bom, vocês não sabem com qual que eu irei começar: Três Espiãs Demais!



Quem não se lembra de Sam, Alex e Clover? As adolescentes que todos nós queríamos ser em Beverly Hills (sonho): com vidas duplas de pessoas comuns e de espionagem secreta. Simplesmente eram elas, Sam: a mais esperta de todas, a ruiva de cabelos compridos que utilizava a roupa de espiã verde, era a mais sensata para não cair em armadilhas; Clover: a mais fashion de todas, era loira com cabelos curtos, utilizava a roupa de espiã vermelha, adorava moda, shopping e garotos, além de ser a mais destrambelhada, claro, rsrs; e Alex: a que era ótima em esportes, tinha o cabelo preto e o mais curto de todos, utilizava roupa de espiã amarela, ela era a mais ingênua das três. Juntas, combatiam os mais diversos inimigos do mundo. Elas nem sempre foram melhores amigas, se tornaram graças a Jerry que apresentou a vida de espionagem para elas.


Jerry? Era aquele que sempre fazia com que as meninas desaparecessem dos lugares e entrassem por passagens secretas (as mais engraçadas) para chegaram ao centro da empresa de espionagem. Oferecia, sempre, os mais variados apretechos de espionagens para cada missão (os apretechos que nós queríamos, claro). E claro, não vamos esquecer de G.L.A.D.I.S, né pessoal? O computador mais legal de todos os tempos.


Além, da inimiga maior de todas de Clover: Mandy. A garota que sempre queria competir com Clover e que nos irritava bastante (eu tinha vontade de bater nela, rsrs). 



Depois de todo esse apanhado, e das lembranças voltando à tona é impossível não recordar dos momentos que nós parávamos para assistir esse desenho. Eu, particularmente, acordava de manhã e em seguida levava o lençol e o travesseiro comigo para o sofá (haha), juntamente com o meu irmão, e começávamos a maratona da manhã. Me lembro da minha mãe chegando, arrumando a casa e quando ia passar o pano nos mandava levantar os pés, e nós assim fazíamos sem desgrudar os olhos da televisão. Brigas entre irmãos a parte, esse é um dos momentos mais marcantes da minha infância. E, acho que de vocês também, já que todas as vezes que tocamos no assunto de desenhos entre amigos todo mundo se altera e quer contar o que assistia e o que sentia. 

Bom, espero que tenham gostado e vou continuar com os desenhos, haha. Se tiverem sugestões é só me falarem. Beijossss. Obrigadaaaa! Uhuul.  

                     Por: Letícia Cardoso